MONUMENTOS E PATRIMÓNIO
PAÇOS DO CONCELHO E PRAÇA DO MUNICÍPIO
PAÇOS DO CONCELHO E PRAÇA DO MUNICÍPIO
MONUMENTOS E PATRIMÓNIO

Além do valor arquitectónico e artístico do edifício, a sede da Câmara Municipal de Lisboa é um símbolo de Lisboa e do Portugal liberal e republicano. Foi à varanda dos Paços do Concelho que, no dia 5 de Outubro de 1910, foi proclamada a República. O edifício original foi feito segundo um projeto de Eugénio dos Santos Carvalho, aquando da reconstrução pombalina de Lisboa, mas foi totalmente destruído por um incêndio a 19 de Novembro de 1863. O edifício atual foi erguido no mesmo local, entre 1865-1880, com desenho do arquiteto Domingues Parente da Silva. A 7 de Novembro de 1996, outro incêndio destruiu parte dos pisos superiores, principalmente tetos e pinturas, rapidamente recuperados de acordo com o original. A fachada, da autoria de Ressano Garcia, é rematada por um frontão triangular, de inspiração neoclássica, com uma decoração escultórica do francês Anatole Calmels, que representa a Liberdade e o Amor Pátrio, ladeando as armas da cidade. No seu interior é de destacar a intervenção do arquiteto José Luís Monteiro e as pinturas de Columbano Bordalo Pinheiro, José Malhoa e José Pereira Júnior, em espaços como a Escadaria Central, o Salão Nobre e a Sala da República ou Sala Dourada. Os Paços do Concelho de Lisboa e a Praça do Município (onde se destaca o Pelourinho de Lisboa, classificado como Monumento Nacional) acolhem com alguma regularidade eventos culturais, como exposições e concertos.

MAPA
MORADA

Praça do Município


38.7080496, -9.1392376
WEB
CONTACTOS
(+351) 213 2362 00
HORÁRIO

Visitas guiadas no 1º Domingo de cada mês às 11h00

TAGS